COLUNA

Van Marcelino

[ILE/DILE]

Pessoa não binária e queer. Artista Visual com Especialização em Editorial e Infografia pelo IED

Mostra Internacional Drag King Queer

A MOSTRA INTERNACIONAL DRAG KING QUEER é um projeto criado por mim, Van Marcelino, incorporando o personagem “Cidão Furacão” (drag king queer), que propõe reunir drags kings queers de várias partes do mundo. O projeto busca promover diálogos a partir das vivências e experiências individuais e/ou coletivas, abordando temas sobre diversos aspectos socioculturais, gênero/sexualidade e política, e experienciando o papel e a expressão de gênero para questionar padrões sociais.

Fotos de Cidão Furacão na Tour pela França

O objetivo é termos um espaço seguro para a rede DRAG e a comunidade LGBTQIAP+ para troca, mutualidade, bate-papo, conhecimento, performance e inspiração, utilizando a arte como ferramenta propulsora da vida.

A bandeira do movimento Drag King Queer questiona o padrão binário de comportamento social, e sugere a importância de se queerizar e olhar, de uma perspectiva diferente da habitual, as definições da arte drag, que vêm se desenvolvendo e ressignificando esses símbolos.

O Instituto [SSEX BBOX] apoia a Mostra Internacional Drag King Queer desde sua criação, em uma celebração vibrante de criatividade, autoexpressão e queerness.

A Mostra Internacional Drag King Queer surgiu como uma plataforma inovadora. Essa plataforma, que apresenta performances de drag king e explora temas de gênero, identidade e arte, é uma prova do poder da comunidade queer de desafiar normas, quebrar fronteiras e redefinir o conceito de drag. À medida que a mostra continua a crescer em popularidade e influência, ela cria um espaço onde artistas e público podem abraçar a diversidade, desafiar estereótipos e celebrar a beleza da autoexpressão autêntica.

Quebrando fronteiras na arte drag

A Mostra Internacional Drag King Queer representa um afastamento significativo da cena drag tradicional. Embora as drag queens tenham desfrutado de ampla visibilidade, os drag kings muitas vezes permaneceram sem visibilidade. A Mostra inverte o roteiro ao destacar os talentos dos drag kings, que usam suas performances para explorar a identidade de gênero, masculinidade e narrativas pessoais.

As performances de drag kings transcendem a simples imitação; eles oferecem uma mistura dinâmica de humor, temas instigantes e emoção crua. Por meio de seus atos, os drag kings desafiam as normas sociais, desconstroem as expectativas de gênero e fornecem ao público uma lente única para examinar suas próprias crenças e preconceitos.

Empoderamento e representação queer

Uma das realizações mais notáveis ​​da Mostra é seu papel de capacitar indivíduos queer ao redor do mundo a abraçarem seu verdadeiro eu. Ao apresentar uma gama diversificada de drag kings de diferentes origens, culturas e identidades de gênero, a Mostra Internacional Drag King Queer amplifica vozes que muitas vezes foram marginalizadas. O evento se torna um farol de esperança para aqueles que buscam validação, aceitação e um sentimento de pertencimento.

Por meio dessas apresentações online, participantes testemunham a beleza da fluidez, autenticidade e desafio diante da conformidade. A mostra serve como um lembrete de que a identidade não se limita ao binário e que o espectro das experiências humanas é rico e variado.

Educação por meio do entretenimento

Além do palco, o festival promove a educação e o diálogo sobre questões de gênero, expressão e papel de gênero e identidade. Por meio de painéis de discussão, workshops e atividades com envolvimento da comunidade, os participantes são incentivados a pensar criticamente sobre os conceitos dessa expressão promovida pela masculinidade, feminilidade e as interseções da identidade. Essa abordagem holística eleva o evento de uma mera exibição de performance a uma experiência transformadora, que desafia preconceitos e gera conversas que vão muito além da Mostra.

Criando uma comunidade global

Fotos dos eventos da Mostra Drag King Queer na Tour por Portugal

A Mostra Internacional Drag King Queer transcendeu as fronteiras geográficas, unindo indivíduos de todo o mundo que compartilham uma paixão pela autoexpressão e estranheza. Essa comunidade global apoia e eleva uns aos outros, dentro e fora do contexto da Mostra.

A Mostra Internacional Drag King Queer se destaca como um farol de diversidade, empoderamento e autenticidade no mundo da cultura drag e queer. Ao centrar as experiências de drag kings e abraçar um espectro de identidades de gênero, a Mostra desafia as convenções e expande nossa compreensão da autoexpressão. À medida que continua a crescer e inspirar, o festival abre caminho para um futuro no qual a inclusão, o respeito e o amor florescem, lembrando-nos de que a arte tem o poder de transformar, curar e iniciar a mudança.

Conheça a loja da Mostra Internacional Drag King Queer 

COLUNISTA

van___user_v2

Van Marcelino

[ILE/DILE]

Trans não binarie e queer. Especialista em editorial e infografia pelo Istituto Europeo di Design- IED. COO (Chief Operation Officer) da [DIVERSITY BBOX] consultoria em DE&I e no INSTITUTO [SSEX BBOX] como Diretore e Curadore Adjunte dos projetos e iniciativas, da Marcha do Orgulho Trans da Cidade de São Paulo, Feira Trans de empreendedorismo, inovação e empregabilidade, TransTec Brasil, Conferência Internacional [SSEX BBOX], Pride Labe entre outros. Atuou no mercado das artes por 8 anos em exposições nacionais, internacionais, galerias, coleções particulares e institucionais. Idealizadore e realizadore da “Mostra Internacional Drag king Queer” e do personagem “Drag King Queer” Cidão Furacão e do projeto “Palco para TODES”, onde pessoas diversas podem contar suas histórias e vulnerabilidade de forma segura.
Veja também

Pós-ativismo e reapropriação Cultural 

Pelo direito à banalidade e ao erro

Venha de Verde amarelo na Marcha do Orgulho Trans de São Paulo

Convite à uma crítica das identidades

Assista

No Instituto [SSEX BBOX] realizamos projetos e advocacy que visam destacar a diversidade, inclusão e a equidade sobre os temas de gênero, sexualidade, população LGBTQIAP+, raça, etnia e pessoas com deficiência.

As ações do Instituto incluem apresentar ferramentas, conteúdos educacionais, e soluções estratégicas visando o exercício do olhar interseccional para grupos sub-representados. Nossas atividades tiveram início em 2009, a partir de uma série de webdocumentários educacionais que exploram temas da sexualidade e gênero para promover mudanças sociais com base nos direitos humanos.

Nosso Contato

Copyright ©2024 Todos os direitos reservados | [SSEX BBOX]